domingo, 3 de maio de 2009

Enchente acende sinal de Alerta em Alenquer

A forma agressiva em que as águas do rio Amazonas e seus afluentes têm aumentado vem chamando a atenção de moradores e de pesquisadores de comportamento climático da região amazônica.

Até agora 17 municípios da região Oeste do Pará que, tiveram seus territórios invadidos pelas águas já decretaram situação de emergência e aguardam auxilio do estado para ajudar milhares de famílias atingidas pelas cheias dos rios.

A sede regional da Defesa Civil do Estado em Santarém recebe pedidos de socorro todos os dias. Além de Santarém, os municípios de Juruti, Prainha, Óbidos, Curuá, Oriximiná, Monte Alegre, Almeirim, Itaituba, Porto de Moz, Aveiro, Trairão, Terra Santa, Uruará, Altamira e Alenquer já acenderam o sinal de alerta.

No município de Alenquer, um dos mais afetados o número de pessoas atingidas já passa dos 11 mil, é quase a terça parte de toda a população da cidade. A defesa civil municipal registra 8 bairros alagados e quase 3 mil pessoas desalojadas. Os números que impressionam podem ainda aumentar, já que como é de costume, o nível dos rios na região costuma se avolumar até a primeira quinzena do mês de Junho.

A última chuva que caiu sobre o solo Ximango durante mais de 12 horas assustou a população. Dezenas de casas, comércios e repartições públicas e privadas foram invadidas pelas águas do rio Surubiu. Além de muros de concretos e parte de uma casa localizada na avenida Benedito Monteiro que desabou, a chuva deixou o município sem energia elétrica durante mais de 8 horas. O caso tomou repercussão nacional.

Enquanto não chega nenhuma ajuda do governo do estado, famílias inteiras estão sendo auxiliadas por empresários e pela paróquia do município que nos últimos dias tem resgatado pessoas das áreas de várzea para serem abrigadas em espaços sociais da comunidade.

Mesmo sabendo da situação alarmante em que passa Alenquer, o governo do estado trata o problema de forma genérica. Veja só. Na nota enviada a imprensa, a secretaria de Estado de Integração Regional, informou que, por determinação da governadora Ana Júlia, estão sendo realizadas ações de forma integrada, por meio de um conjunto de secretarias e órgãos estaduais. Segundo a nota, são situações emergenciais em que o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil estão treinados para atuar, e que envolvem outras secretarias em ações de curto e médio prazo para atender a população

Esse é o governo que “cuida” do seu povo!

Foto: Site Alenquerpará

Um comentário:

CLEDIANE disse...

Edson de Sousa Queiroz, olá amigo li seu comentário exposto no seu blog, vi sua foto, e me deu uma saudade de vc, gostaria de saber como é que vc esta e como tem passado, creio que já fazem mais de 3 anos que não te vejo.
meu email é: ed.sonsqueiroz@hotmail.com,
atualmente estou coordenado o Telecentro comunitário de Alenquer.
Entra em contato po e-mail comigo pra pra jente trocar umas ideias.
te aguardo.